Pacientes IPESP

Informações gerais

São oferecidos tratamentos nas seguintes áreas: dentística (restaurações), endodontia (“canal”), cirurgia (extração de dente, remoção de lesões); periodontia básica e especializada (tratamento gengival); prótese total (“dentaduras”); prótese parcial removível (“pontes móveis”); oclusão (disfunção de ATM); clínica integrada; prótese fixa; clínica infantil; ortodontia preventiva; semiologia; exames radiológicos. Obs: Ortodontia Corretiva: é oferecida a nível de especialização via cadastramento no IPESP, porém não é um tratamento público gratuito. O paciente pagará pelos exames e manutenção mensal. Obs: Implante: é oferecido a nível de especialização, não é um tratamento público gratuito. Maiores informações poderão ser obtidas contatando o IPESP: (61) 3233-6109 / (61) 3361-0562
O paciente deverá realizar o tratamento básico no (“Postinho” ou Centro Odontológico) e após, será orientado quanto ao encaminhamento do caso, a partir de preenchimento de guia específica da rede SUS a Secretaria Municipal de Brasília, a qual cadastrará, avaliará e liberará seguimento no IPESP, conforme a vaga disponibilizada.
Para o cadastramento o responsável pelo paciente especial ou quando possível o próprio paciente, deverá procurar a Unidade Básica de Saúde ou Centro Odontológico Municipal mais próximo de sua residência. O recurso municipal deverá atender e avaliar o caso e a partir de então encaminhar guia específica para a Secretaria Municipal de Saúde de Brasília. O perfil deste paciente, de modo geral, compreende a pessoas que apresentam síndromes crônicas (retardo mental, paralisia cerebral, Down, autismo, disritmia cerebral, cardiopatia), síndromes raras e outras anormalias, bem como aqueles com debilidade orgânica agravada, priorizando o atendimento a pacientes em tratamento quimioterápico ou radioterápico; transplantados; com doenças sistêmicas.
Normalmente o horário de funcionamento nas clínicas compreende o período da manhã (8h às12 h) e período da tarde (14h às 18h).
A frequência do paciente para o tratamento em média é semanal (um a dois dias por semana). O período desta freqüência dependerá do tratamento necessário e também do período da disciplina (clínica) que o atenderá.
Não fique com dúvidas sobre os serviços que o IPESP presta a comunidade ou mesmo sobre o seu tratamento em andamento na Unidade. Faça contato com o Serviço Social para esclarecimentos, críticas e sugestões (61) 3233-6109 / (61) 3361-0562.
O serviço social no IPESP atua para acolher, orientar e encaminhar os usuários junto a rotina do tratamento odontológico. Colabora para o acesso aos serviços internos e externos correlatos às áreas de saúde e assistência social. Realiza ações para mediação: paciente, aluno, docente, funcionário, instituição e outros recursos, públicos ou não, existentes na comunidade. As atividades e ações do setor visam contribuir para a qualidade dos serviços prestados pela Unidade, bem como, propiciar a defesa dos direitos dos usuários, especialmente nas áreas de saúde, assistência social e educação. Fone para contato: (61) 3233-6109 / (61) 3361-0562. Horário: 8:30 às 12:00 / 13:00 h às 17:00 h de segunda a sexta-feira.
O IPESP não disponibiliza auxílio financeiro para assistir o paciente perante as necessidades de alimentação ou mesmo de transporte durante o tratamento odontológico. Sendo assim, não é oferecido alimentação, como também não são oferecidos “passes” para ônibus. O paciente deverá se programar com recursos próprios ou procurar informações sobre assistência dessas necessidades, via instituições públicas municipais como Unidades Básicas de Saúde ou Serviço Social atuante na área de saúde, para verificar programas de assistência nesta área.
O paciente para receber tratamento de saúde, inclusive odontológico, deverá portar o Cartão Nacional de Saúde (CNS), sem este documento não é liberado o cadastramento e atendimento. O Cartão Nacional de Saúde é providenciado em vários postos de saúde e também no Poupatempo, para isso basta levar o documento de identidade (RG) e comprovante de endereço. O paciente não poderá faltar e caso necessite se ausentar por motivo grave, o mesmo deverá comunicar o mais breve possível a clínica onde recebe atendimento e justificar no Serviço Social, caso contrário perderá a vaga automaticamente. Quando o paciente iniciar o tratamento odontológico receberá um cartão de identificação e agendamento de retornos. Este cartão deverá ser bem cuidado pelo paciente, pois se trata de um documento, facilitando o acesso e o atendimento na Faculdade de Odontologia. O paciente deverá manter o seu cadastro sempre atualizado principalmente quanto a endereço e telefones para contato. Toda vez que o paciente receber atendimento na unidade e precisar de atestado, o mesmo deverá ser solicitado ao dentista ou aluno que o atendeu e nele constará o horário de entrada e saída da clínica. Os pacientes que apresentarem idade inferior a 18 anos e superior a 65 anos, bem como aqueles em condição especial de saúde, deverão comparecer sempre acompanhados por responsável, cumprindo-se determinação legal. O acompanhante facilitará a coleta de dados, anamnese e orientações. Atenção: é expressamente proibido fumar dentro das clínicas e nas salas de espera.
Para mais informações ligue: (61) 3233-6109 / (61) 3361-0562.

Seja nosso paciente!

Preencha o formulário abaixo, nós entraremos em contato com você!

Newsletter